(31) 3317-3205 (31) 99611-1551 Atendimento
ATÉ 7% DESCONTO TRANSF. OU DEPÓSITO BANCÁRIO - FRETE GRÁTIS TODO BRASIL CONSULTE CONDIÇÕES

MUDANÇA DE TEMPERATURA, COMO SE PREVENIR?

Publicado em: ROOT

O ínicio do tempo frio é motivo para nós mães ficarmos preocupadas com a questão da saúde do filho.
as vezes ficamos com medo da criança não estar adequadamente agasalhada, outras vezes agasalhamos excessivamente as crianças.

Se as mudanças bruscas de temperatura são algo com o que se preocupar, nada melhor do que se preparar melhor para essa época do ano na qual as temperaturas variam muito ao longo do dia.

Abaixo, listamos 5 dicas para minimizar as chances de que problemas de saúde se desenvolvam.

A transmissão da doença se dá também ao comportamento das pessoas, que permanecem mais tempo confinadas em espaços fechados e sem ventilação.
Assim alguns cuidados são essenciais para reduzir as chances de contaminação e agravamento das doenças:

1. Mantenha os ambientes ventilados:
O contágio acontece por transmissão respiratória e ambientes fechados só propagam ainda mais o vírus.
Ar livre e ambientes ventilados tem menos chance do vírus se propagar.
Quando possível, as janelas e portas devem ficar abertas, favorecendo a circulação e renovação do ar.

2. Higienize as mãos:
Recomendam-se a higienização com água e sabão, esfregando todas as partes da mão, incluindo as palmas, o dorso, 
o espaço entre os dedos, os polegares, a região das unhas e os pulsos. 
O álcool em gel também pode ser utilizado quando não for possível realizar a lavagem das mãos.

3. Utilize a máscara adequadamente
Uso de máscara é uma estratégia essencial para a prevenção da transmissão dos vírus respiratórios. 
No entanto, só funciona quando utilizada corretamente. 
Ela deve estar ajustada no rosto, de forma a cobrir completamente o nariz e a boca. 
A máscara diminui as chances da pessoa infectada com vírus respiratório transmiti-lo.

4. Hidratação
Nos dias mais frios, há uma tendência de menor consumo de água pelas pessoas. 
Mesmo no inverno, a quantidade de água ingerida diariamente deve ser a mesma, em torno de 1,5 a 2 litros por dia. 
O frio diminui a sede, portanto tente tomar água mesmo sem sentir sede para manter o corpo hidratado. 

5. Vista roupas adequadas
Com o frio, o primeiro cuidado e o mais óbvio é sempre vestir a criança com roupas adequadas às temperaturas. Portanto, sempre com calça, moletom ou casacos mesmo se a criança não estiver se sentindo com frio.

   

Aliás, você sabia que as crianças, tecnicamente, sentem menos frio do que os adultos? Ao contrário do que muitos pensam, as crianças, pelo seu metabolismo mais acelerado, não sentem tanto frio. 
Porém, é necessário utilizar as roupas necessárias para evitar hipotermia, que nas crianças acontece mais rápido. 

É importante também lembrar de antes de encher as crianças de roupas quentes, lavá-las. Isso porque, as roupas de inverno costumam ficar guardadas por muito tempo, acumulando poeira, desencadeando alergias. 

Deixe um comentário

Captcha