(31) 3317-3205 (31) 996111551 Atendimento
ATÉ 7% DESCONTO TRANSF. OU DEPÓSITO BANCÁRIO - FRETE GRÁTIS TODO BRASIL CONSULTE CONDIÇÕES

QUAL DEVE SER A PARTICIPAÇÃO DO PAI NA VIDA DO BEBÊ?

Publicado em: Dicas Especiais

Sabemos que é comum papais ficarem se questionando sobre o que é ser pai ou como é ser pai durante a gestação. É mesmo mais complicado para os pais entenderem seu papel antes do bebê nascer e, por isso, trouxemos algumas dicas para os novos papais que querem descobrir a importância da paternidade ativa.

A mãe vive por basicamente nove meses de gravidez se preparando para a maternidade, sente o bebê, seus movimentos, o próprio enjôo e diversas outras sensações que só quem passou por uma gravidez sabe. A mulher já passa a gestação sendo mãe, enquanto o pai nem sempre sabe o que é realmente ser pai até o bebê nascer. Mesmo sendo comum a falta de conexão, a melhor coisa que um pai pode fazer é inserir-se no contexto em que a mãe está, para já formar o vínculo com seu bebê.

Confira duas ótimas dicas para você, papai, já sentir uma ligação com seu bebê antes dele nascer.

Sinta-se pai desde sempre - comemore com sua parceira cada pequena conquista da gravidez, sinta com ela a movimentação que o bebê já trouxe a suas vidas, acompanhe no momento de enxoval, vá escolher roupinha, vá aos exames de ultrassom e veja o seu bebê naquela pequena tela que nunca fará jus a seu verdadeiro rostinho. Faça planos, curta a gravidez para não sentir a paternidade chegar apenas quando carregar o bebê, perdendo os nove meses de amor e preparação psicológica para o que viria.

Dialogue -  converse com a parceira a respeito de como será a vida e rotina da casa com a chegada do bebê.  Havendo diálogo, as coisas estarão melhor estabelecidas quando o bebê chegar, o que ajuda na rotina do casal e do bebê. No curso de primeiros socorros da Bebê Veste Bem a regra é clara: identifique quem será a pessoa que se desespera e quem prestará os primeiros socorros. O planejamento contribui para lidar melhor com as situações do dia a dia e situações de emergência.

Vamos agora passar uma dica essencial para se conectar com seu bebê logo depois dele nascer.

Esteja presente na exterogestação - a exterogestação, gestação fora do útero, é o período dos primeiros 3 meses do bebê no qual ele depende de cuidado intenso e adaptação. A exterogestação pode ser vista como a oportunidade do pai de gerar o bebê. Neste momento,  aproveite para:

1 - Dar banho de chuveiro

O barulho constante remete ao útero, assim como a água, que é um líquido morno e o contato físico. Para banhos de chuveiro com o bebê, o melhor é que seja o pai quem dá o banho, para que o bebê não sinta o cheiro do leite da mãe e fique agitado.

2 - Usar sling ou canguru

Use dispositivos para colocar o bebê junto ao corpo, em posição uterina. Você pode até jogar videogame enquanto carrega o bebê! Com o sling, você faz a amarração, enquanto o canguru já está pronto para uso. Você pode até mesmo optar por uma camiseta canguru. Nunca ouviu falar? Veja aqui.

3 - Auxiliar nas tarefas do dia a dia

Colocar o bebê para arrotar ou dormir é muito importante para formar o vínculo pai e filho. Em grande parte do dia, a mãe está cansada e precisa de um descanso, o que leva ao momento propício para o pai assumir o cuidado do bebê. Um método que pode ser adotado é a rotina do momento paterno intercalada com amamentação, para não deixar o bebê dormir no peito. Para isso, o pai pode pegar bebê depois que a mãe amamentar.

4 - Cantar para o bebê

O bebê reconhece vozes desde a gestação e a voz do pai, por ser mais grossa, passa mais segurança para o bebê. Conversar e cantar são atos de amor e conforto para seu bebê.

Essas quatro dicas não precisam ser seguidas apenas no período de exterogestação, são hábitos criados para boa parte da fase de bebê do seu filho.

Quer saber mais sobre exterogestação? Clique aqui.

Papai, como você participa da vida do seu bebê? Mamãe, como o papai participa da vida do bebê? Contem pra gente!

Deixe um comentário

Captcha